https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

LUXÚRIA

BORRASCA DA GROSSA

TARDE DE MAIS

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Terça-feira, 15 de Maio de 2012

“A MAIOR AULA DE JUDO NO MUNDO”

Não se adivinhava motivo para tal, naquela manhã de trabalho, uma segunda-feira, início de semana. A polícia impedia a circulação normal, obrigava a desvios, chegar à praça dos Aliados, no Porto, previa-se impossível. Normalmente, o trânsito àquela hora da manhã, início de semana, impõe paciência de chinês; tudo bem, mas aquela morosidade excepcional em chegar ao destino causaria diversos incumprimentos laborais.

Questionava-se: Acidente? Mais uma manifestação dos Indignados? Estudantes em desalinho a perpetuar a queima das fitas? Festejos prolongados de vitórias e futebóis??? Não!

Seguramente, quem tentasse, ingloriamente, “pegar no batente” a horas, tratar dos seus negócios, ou seja, criar riqueza, produzir…, deparava com o acesso normal barrado pela polícia.

Para e arranca, mais para que arranca de veículos em trabalho, de passeantes e turistas poucos seriam, ainda que bem-vindos a contribuírem para a riqueza nacional.

Uma manhã de trabalho, javardamente transformada numa manhã de nervoso miudinho, numa manhã de negócios por cumprir, de ausência ao trabalho…, porque, imaginem, na praça dos Aliados se concentrava “a maior aula de judo do mundo”.

E por este projeto megalómano que em nada contribuirá para a riqueza nacional, apenas uma ostentação sem qualquer proveito para o cidadão, que não seja a da defesa pessoal, importante, com certeza, mas isso levar-nos-ia por outros caminhos…dizia, por causa deste projeto o centro do Porto como que paralisara.

Permitam-me, agora, a questão: como se podem autorizar este tipo de concentrações em plena semana de trabalho, concentrações que, essencialmente, prejudicam muita gente a pretender trabalhar, a pretender reedificar um Portugal prestes a desfalecer. Assim não se vai lá, assim não se refaz o presente, não se projeta o futuro capaz de criar uma sociedade justa, livre e saudável.

Megalomania, sim, “a maior aula de judo do mundo”. Para se fazer mais uma vez marcha à ré nesta estrada nacional de improdutividade; “a maior aula de judo do mundo”, “para inglês ver”.

 

publicado por Bernardete Costa às 19:16

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?