https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Terça-feira, 30 de Setembro de 2008

EM HOMENAGEM A EUGÉNIO DE ANDRADE

 

Como pudeste passar por mim
desconhecendo o perfume das rosas?
 
Como pudeste passar por mim
sem tocares o perfume da minha pele?
 
Teu olhar sem a luz das memórias
viu somente as brumas azuis dos meus olhos
 
Meu amor, meu perfume de rosas
é ainda o mesmo que me ofereceste!
 
 
 
Bernardete Costa
publicado por Bernardete Costa às 22:52

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?