https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

TEATRO PARA CRIANÇAS - NA...

CHUVA

A MINHOTA

O DIABO NO VERÃO DE 2017

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Domingo, 24 de Agosto de 2008

RAMPAS OU NÃO RAMPAS EIS A QUESTÃO

Ainda há dias, enalteci as belezas de Esposende, assim como referi, com clareza um pouco escatológica, a atitude nada civilizada dos muitos passeadores domingueiros, e não só, que levam pela trela os seus cãezinhos, quando levam, num descuido total quanto aos cuidados a ter com as suas necessidades fisiológicas, deles, caninos.

Infelizmente, não ficam por aqui os aspectos negativos evidenciados nesta e, mesmo assim, ainda bela Esposende, porque quanto a acessibilidades é o que cada um de nós poderá constatar nos sítios mais inverosímeis!
Estava eu no cabeleireiro situado nas piscinas municipais, cujos acessos são feitos através de várias escadas, quando reparei numa senhora que, quer pela idade quer por notória incapacidade física, se agarrava a uma jovem e a um senhor, que presumi ser o marido, tentando concluir a descida das escadas.
Fiquei a olhar, receando que o seu corpo débil e tão inclinado para a frente, e apesar das ajudas, se projectasse a qualquer momento por ali abaixo!
Este é somente um exemplo de entre outros que poderia referir; no caso, o acesso às instalações da Caixa de Previdência: já experimentou subir puxando um carrinho de bebé? E de cadeira de rodas? Complicado, não é?
Só mais umas rampas aqui e acolá, e Esposende poderá brilhar ainda mais em todo o seu esplendor!
Haja vontade!
publicado por Bernardete Costa às 22:45

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?