https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

TEATRO PARA CRIANÇAS - NA...

CHUVA

A MINHOTA

O DIABO NO VERÃO DE 2017

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Segunda-feira, 18 de Abril de 2011

GATERC - Grupo amador teatro e rio Cávado

No passado dia 17 do corrente mês, num dia apetitoso de verão antecipado, o GATERC levou a efeito mais uma peça de teatro” A MUI GRANDE PAIXÃO DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO”, de Manuel Couto Viana(antologia), como aliás tive o ensejo de aqui o publicitar.

Contando com a inestimável colaboração do Grupo Coral de Esposende, e aproveitando as arcadas da Câmara municipal e do largo subjacente, o povo esposendense  e muitos passantes de ocasião puderam desfrutar das diversas cenas que conduziram Jesus à morte na cruz.

Achei curioso e muito interessante um comentário ouvido casualmente: só agora percebi o sentido da frase” lavar as mãos como Pilatos”. Assim também se ensina a doutrina de Cristo, assim também se formam e informam as mentes crentes e até descrentes.

Seguramente, o GATERC – seus actores e encenador Jorge Alonso, como os mais diretamente responsáveis pelo seu funcionamento, assim como a edilidade esposendense que vai, dentro das vicissitudes da crise que atravessamos, contribuindo com um ou outro apoio indispensável  à prossecução destes eventos culturais – continua e deverá continuar a levar junto destas gentes de rio e mar o conhecimento e a riqueza da dramaturgia nacional.<

publicado por Bernardete Costa às 23:39

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
2 comentários:
De Paulo a 19 de Abril de 2011 às 19:29
olá sou o Paulo e queria que poblicace estes contos que foi eu que inventei.E quero que vosse me contaquetasse novamente no hotmail.






o vampiro refilão


Era uma vez um vampiro que passava a vida numa gruta lá no meio da floresta .Ele chamava-se João ele tinha tudo o que queria , principalmente sangue falso que era para ele não atacar os humanos que por lá passeavam . Mas se aleguém começava a detar sangue , ele ficava com os olhos vermelho , os dentes afiados e quando ia atacare o pai José conceguia-o controlar e paralo a tempo .
Quando o pai encontrava aleguem que fosse um bom vampiro , transformava essa pessoa em vampiro. E então o pai encontrou uma mulher idial para o seu filho , e disse ao seu filho para a trnformar , mas o seu filho em vez de a transformar bebeu –lhe o seu sangue todo .
O João muito preocupado comesou-lhe a dar sangue falso e ela sobreviveu , e ele deu-lhe sangue dele também para a transformar . Mas passado 200 anos ela ficou vampira.
O pai do João (José) ficou zangado com o filho e o filho deu-lhe o nome do vampiro refilão .
O pai já farto de ouvir o filho matou-o com uma seta de prata . E ele muito refilão formou a luz interna para matar todos os vampiros principalmente a ele. E então ele deu á luz interna as suas armas para matar os vampiros,e todos os vampiros desapareceram.



o rato cozinheiro





Era uma vez um rato que não sabis cozinhar .Mas para ele se alimentar precisava saber cozinhar.
Tudo o que ele fazia saia tudo mal quase tudo queimado . E na cozinha havia sempre confusão
E ele nunca aprendia a cozinhar , e a vizinha encinava e ele descansava e ficava por nunca saber cosinhar .
Mas um dia aprendeu a cozinhar e ficou conhecido por cozinheiro . E passádo 23 anos ele ficou muito velho e então um rapaz muito triste com pena dele ficou com o rato e deu –lhe , uma casa para ele viver .
E passado um ano o rapaz comprou um restaurante em que o rato cozinhava . E apartir dai ele ficou o melhor cozinheiro do mundo.



De Bernardete Costa a 19 de Abril de 2011 às 20:20
Querido Paulo:
Deverás neste espaço só tecer comentários sobre os escritos que estão acima.
Caso pretendas contactar-me, fá-lo para o meu endereço eletrónico,
bcosta.bernardete@gmail.com
Combinados?
Beijo,
Bernardete Costa

Comentar post