https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

TEATRO PARA CRIANÇAS - NA...

CHUVA

A MINHOTA

O DIABO NO VERÃO DE 2017

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Domingo, 10 de Abril de 2011

Auto da Mui Dolorosa Paixão de Nosso Senhor Cristo, em Esposende

O GATERC – grupo de amador de teatro e rio cávado - aposta em continuar em levar à cena – ainda que após lhe terem puxado o  tapete debaixo dos pés, já que precisa de pagar aluguer pelo  espaço do Auditório Municipal – as mais diversas peças de teatro, deste modo,  respondendo às solicitações duma representativa fatia da população esposendense, e não só, que encarecidamente o exige.

Assim, e contando com a dedicação dos elementos constituintes do grupo, irá, na Praça do Município ( largo da Igreja da Misericórdia), no próximo dia 17 de Abril, pelas 15.00 horas, levar até ao público anónimo  o Auto da Mui Dolorosa Paixão de Nosso  Senhor Cristo.

Ciente da qualidade do trabalho apresentado, espero que a população adira a esta iniciativa acorrendo em massa, evidenciando, com a sua presença, o amor pela cultura, numa das suas mais espectaculares expressões representativas.

publicado por Bernardete Costa às 17:43

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
2 comentários:
De Paulo a 18 de Abril de 2011 às 20:30
Ola chamo-me Paulo ando no 4ºano na escola de Valdozende e gostaria que poblicasse este poema num dos seus livro .

Quando era pequenino queria
Aperender ler
Mas o que mais queria
Era aprender a escrever.

Quando comecei a crescer
Só pensava em trabalhar
Mas quando ia para a janela
Só queria sonhar .

Quando fiquei velho
Pelo gado tinha de cuidar
E o que eu mais queria
Era ver o tempo recuar.







E se me quiser contactar mande um pedido para
paulosilva9@hotmail . com
De Bernardete Costa a 19 de Abril de 2011 às 00:29
Querido paulo:
Procura a página "Poemas para a Infância"; lá encontras o teu poema.

Beijos, e aparece sempre,
Bernardete Costa

Comentar post