https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

TEATRO PARA CRIANÇAS - NA...

CHUVA

A MINHOTA

O DIABO NO VERÃO DE 2017

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Terça-feira, 2 de Novembro de 2010

SAUDADE

Um adeus de vento te levou.

Era manhã, não mais houve tarde ou noite,

nem a lua em diamante de luz

iluminou qualquer céu.

Destroçada, virá uma estrela de sangue

chorar uma só lágrima, sempre

que a saudade acordar da cinza num véu

de palavras silenciadas.

 

Bernardete Costa

publicado por Bernardete Costa às 16:47

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
2 comentários:
De Sónia Maria Da Fonseca Pereira a 2 de Novembro de 2010 às 16:49
adorei...
De Bernardete Costa a 2 de Novembro de 2010 às 17:00
Obrigada, pelo seu gentil e sucinto comentário.
Também gostei muito "A noite morre no silêncio do meu olhar". Eu gostaria de acrescentar: a poesia é uma fada que nos salva de morrer no silêncio.
Cordialmente,
Bernardet Costa

Comentar post