https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

LUXÚRIA

BORRASCA DA GROSSA

TARDE DE MAIS

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Quinta-feira, 29 de Abril de 2010

QUEM TEM INTERESSE EM DESTRUIR A EUROPA?

Um putativa e catastrófica nuvem piroclástica pairou sobre a Europa. A aviação paralisou receando perigar a vida dos passageiros e das naves.  A Europa já tão periclitante, financeiramente falando, sofreu um rude abalo.

 

Perguntem comigo:

Quem obrigou a aviação a parar? Teriam motivos sobejamente identificados como perigosos para a vida humana? A dita nuvem teria dimensão q.b, para alastrar perigosamente, como se difundiu duma forma contundente, sobre quase toda a Europa?

 

Como podem os EUA estarem na origem desta crise financeira global que arrastou a Europa a reboque e logo se ergueram dessa hecatombe enquanto por aqui é o que se sabe?

 

Qual a origem da agência de notação financeira Standard&Poor's, uma das principias organizações de rating de ataque especulativo ao euro?

 

Quem está nos bastidores da economia americana?

 

Quem detém o poder da comunicação social? Quem comanda os média que tão empenhadamente se encarregam de propagar o medo e o desnorte, originando o descalabro do euro, por exemplo?

 

( O cinema, Hollywood, verifiquem quem são os patrões da coisa).  

 

Quem está por detrás dessa organização Monsanto que detém o monopólio das sementes indispensáveis à produção alimentar por esse mundo fora? (Corrupção, produção de armas químicas e controle sobre o que as pessoas comem são algumas das denúncias feitas por uma francesa no seu livro “O Mundo Segundo a Monsanto”).

 

O mundo imenso e ainda não totalmente controlável da internet talvez vos possa fornecer muitas das respostas às perguntas aqui formuladas.

Bom trabalho! E não se admirem, as respostas são por demais óbvias; todavia, poderão ser consideradas social e politicamente incorrectas.

 

Bernardete Costa

publicado por Bernardete Costa às 18:54

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
2 comentários:
De Gonçalo Amarante a 1 de Maio de 2010 às 01:35
Amiga Bernardete, saúdo-a pela clarividência e pela coragem do que escreve. E espero que mais pessoas com consciência do que está a acontecer expressem a sua opinião neste espaço de liberdade que (ainda) é a Internet. Muita gente se tem interrogado sobre essas mesmas questões e muitos têm chegado a respostas inquietantes, até mesmo aterradoras: se todos os países estão endividados, estão endividados a quem? Não é uns aos outros, pois disso resultaria um equilíbrio...
Quem tem dinheiro suficiente para abalar a economia global? Quem são os verdadeiros donos das grandes financeiras, do grande capital (Bancos, Companhias de Seguros, Imobiliárias, etc.)? São os especuladores, agiotas, usurários, judeus! Os Estados Unidos, cujos Bancos, Seguradoras e Imobiliárias criaram a crise que arrastou a Europa, já se recuperaram…. Mas a Europa está no pântano. Porquê? Tentemos esta explicação: De acordo com o jornal inglês Daily Mail “O megaespeculador George Soros, conhecido como o homem que quebrou o Banco da Inglaterra e a Libra Esterlina, estaria liderando um grupo de hedge funds no ataque ao euro. (Em Setembro de 1992, o judeu norte americano de origem húngara George Soros ganhou US$ 1 bilhão apostando US$ 18 bilhões na desvalorização da libra esterlina. O Reino Unido foi obrigado a ficar de fora do €uro - o mecanismo integrado de câmbio do Sistema Monetário Europeu). Isto significa que um só especulador (e eles são muitos, todos judeus) é capaz de, de um golpe, derrotar um grande país, um grande banco, uma grande moeda, quanto mais um pequeno país como Portugal. Este ataque especulativo a Portugal e ao €uro , é concertado e tem o patrocínio dos EUA, ou, melhor dizendo, dos judeus que controlam a América, os Bancos, as Sociedades Financeiras e as Agências de Rating . E estão todos conluiados. E os bananas dos portugueses, e os bananas dos europeus, vergam-se servilmente aos grandes especuladores, aos senhores do dinheiro, obsequiando-os com leis tributárias ridículas (20%) ao mesmo tempo que penalizam quem trabalha com impostos altíssimos (até 45%). E, por absurdo que pareça, quando alguma dessas instituições financeiras de agiotas vacila, os Estados vão pressurosos em seu socorro, dando alegremente milhões para salvar os vampiros que nos sugam o sangue. Aconteceu nos EUA, na Europa e em Portugal concretamente. Antes dessa débacle , em 2008, o défice de Portugal era de 2,8. Agora é de 8,9 porque tivemos de nos endividar junto desses mesmíssimos agiotas a quem fomos socorrer e que, ironicamente, nos estão agora a atacar por todos os lados. E o que é que o governo faz para sair deste imbróglio obsceno em que mergulhou o país? Ataca os desempregados! Ou seja, as principais vítimas da crise é que a vão pagar, os fautores da crise são premiados!!! Se isto não desse vontade de chorar, era de morrer a rir…
P.S.: O caso da Monsanto, de que parece as pessoas não terem consciência, é uma ameaça mortal para o mundo dos goim
De Bernardete Costa a 1 de Maio de 2010 às 16:20
Obrigada pelo seu inestimável contributo. Penso que respondeu, na sua essência, às perguntas formuladas.
Cordialmente,
Bernardete Costa

Comentar post