https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

O DIABO NO VERÃO DE 2017

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Sábado, 20 de Março de 2010

MEU PAI

Meu pai partiu na cauda de um cometa. Tão rápido

que nem tempo teve para dizer adeus e logo se sentou numa nuvem mesmo no azul dos céus. Meu pai que era maroto e divertido pregou-me esta partida
sem dizer ano, nem mês, nem dia montou sua égua de luz
e ficou a sorrir quando deparou com Jesus e o viu sentado numa escrivaninha
a fazer contas de somar e subtrair como se fora um economista.
Meu pai nunca pensou no céu como um lugar de preocupação financeira.
Então, numa brincadeira de criança fugiu a correr
e num avião de papel tomou viagem de volta sem Deus se aperceber.
Quando acordei meu pai era um passado distante e seu rosto
esmaecido na memória; somente o sorriso permanecia cativo no brilho duma estrela cadente.
Meu pai partiu sem dizer adeus levando o passado e o presente porque o futuro continuará nos céus onde ele permanece
sorridente para espanto dos olhos meus.
 
 
Bernardete Costa
 
 
publicado por Bernardete Costa às 01:00

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?