https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Domingo, 14 de Junho de 2009

LANÇAMENTO DE LIVRO DE CONTOS INFANTIS “O DOCE CANTO DA SEREIA E OUTRAS HISTÓRIAS”

Numa amena noite de Stº António, no passado dia 13 de Junho, embora a ameaça da chuva fosse uma constante, os barcelenses e também forasteiros ocorreram em número significativo ao recinto da Feira do Livro, inserido no Jardim das Barrocas, cuja fama perpassa ao longo dos tempos pela ordenada exuberância de flores e arbustos, assim como pelos seus arcos rebuscados de pedra secular.

Como vem sendo habitual ao longo de anos anteriores, a Câmara Municipal da Cidade de Barcelos providenciou diversos eventos culturais e de entretimento, tentando fidelizar a este espaço de leitura quem por ali passasse ocasionalmente ou a ele adrede se dirigisse, com enfoque muito especial para as crianças e seu lazer.  
No contexto destes eventos, foi promovido o lançamento do meu livro de contos infantis “O Doce Canto da Sereia e Outras Histórias”.
Este é o segundo trabalho (iniciei com poesia em "Cerejas aos Molhos") que dedico às crianças de toda a minha vida: filhos, netos, sobrinhos e alunos de sempre.
Ainda que tenha já publicado algumas obras poéticas, ditas para adultos, é sempre com regozijo e gratidão que apresento mais um livro cuja escrita é destinada, na sua essência, à faixa etária dos mais novos. E digo com gratidão, porque a eles devo muita da inspiração resultante de desafios que me iam sendo propostos. Deste modo, e neste caso especifico, as diversas situações que me impeliram à elaboração de contos infantis, surgiram no contexto de aula, quer no aspecto pedagógico e didáctico quer, unicamente, como incentivo e promoção do prazer pela leitura.
Cabe aqui também referir que o facto de ser uma avó apaixonada pelos meus netos, me estimula a escrita quer de contos quer de poemas que lhes são, quase integralmente, dedicados.
 
Bernardete Costa
 
 

 

publicado por Bernardete Costa às 19:05

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?