https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Sábado, 25 de Abril de 2009

PORQUE HOJE É ABRIL

Finalmente ecoava a liberdade na manhã

de Abril. Retinhas na mão o incêndio dum cravo
e espalhavas o perfume das palavras, livremente.
Percorrendo as ruas entoavas os cânticos
das doutrinas que pelo ferro das algemas
sepultadas estavam nas estantes.
Livre. Clamavas. Eras livre. E partiste à conquista
duma utopia bebendo do êxtase
que se soltava da própria liberdade.
Bebias dessa taça ébria o néctar
dos sonhos livres tanto tempo aprisionados
nas folhas rasgadas pela violência do azul.
Até que ficámos ambos prenhes desse mosto
fecundo e libertário. Os nossos olhares
retiveram a lonjura e as mãos
expuseram a sua nudez. Por fim éramos livres
mas nem toda a liberdade coube nos nossos sonhos.
 
Bernardete Costa
publicado por Bernardete Costa às 21:41

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?