https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

POEMAS QUE ME SEDUZEM

Na Várzea de meu pai
 
nascemos no coiro da burra, no lugar dos santos
entre faro e st. brás de alportel onde escrevemos
com alfarroba, o meu pai não sabia que eu ainda
escreveria este poema em ambiente de festa
comercial como este dia

 
somos irmãos nesta tarefa de levanta-te e anda
o pó do vazio , a janela entre os olhos e as mãos

guardo os vidrinhos da porta da Cinco de Outubro
à Estrada de Olhão enlaço-te em cada árvore da
grande avenida , bebo a água como as redes sociais
e o piano? Toca ainda em mãos livres para a

linguagem da necessidade, quero, sei, sou feliz
onde entendo o corpo novo e o ar que dele suspende

baloiça palavra para cairmos novamente de mão dada
como se o alcatrão sujo espelha o mar do Algarve
em cada várzea está o teu berço desde esse momento

José Gil
publicado por Bernardete Costa às 18:36

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?