https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Domingo, 18 de Dezembro de 2016

INEM

inem.jpg

Aqui estou, neste fim de tarde estúpido porque uma constipação me atira para a cama!!! E por falar em cama, doenças,… bla´…, ocorre-me uma história que em nada valoriza os serviços do INEM. Melhor, duas.

Em anos passados, caí redonda no chão por via, disse o médico posteriormente, das dores de costas – havia sofrido tempos idos uma luxação muscular, de modo que a maleita se tornara um facto decorrente de quando em vez. A família alertada, não sou de cair no chão por dá cá aquela palha, chamou o INEM. Ao despertar verifiquei que estava paralisada da cinta para cima. E nada de INEM. Para não referir as perguntas idiotas a que os meus familiares foram sujeitos… Não morri. Sabe-se. E de INEM, népia! Foram os bombeiros a socorreram-me e a levarem-me para o hospital.

Mas vamos ao acontecimento que aqui me traz hoje: num almoço convívio de Natal dos alunos duma universidade sénior, um jovem com mais de oitenta anos sentiu-se mal. Acabando por desmaiar nos braços dos colegas que o socorreram. Foi chamado o INEM. Felizmente havia dois médicos presentes que prestaram os primeiros socorros.

Até hoje, decorridos 3 dias, o INEM ainda não chegou! O meu colega está bem, valha-nos a presteza dos colegas médicos e a sua capacidade de recuperação. E se assim não fosse. Se os cuidados hospitalares fossem indispensáveis à vida deste jovem de oitenta e mais anos?

Agora, o INEM surge com algum esplendor mediático pelas piores razões, como sabem. A corrupção alastra, alastra…. Depois destes acontecimentos e muitos outros similares a minha simpatia pelo INEM tem sofrido um rude golpe.

Que a justiça funcione. Fico à espera. E não me quero sentar!

 (Claro, acredito mesmo, haverá histórias simpáticas em que o INEM é o personagem bom, e fico feliz por isso…).

Bernardete Costa

 

publicado por Bernardete Costa às 20:24

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?