https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

TEATRO PARA CRIANÇAS - NA...

CHUVA

A MINHOTA

O DIABO NO VERÃO DE 2017

ABSTENÇÃO ELEITORAL

ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS 2017

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Domingo, 14 de Dezembro de 2008

PASCOAES

Hoje foi um dia excepcionalmente frio, chuvoso e cinzento, penso, que em todo o rincão de terra que é o nosso pequenino país à beira-mar-plantado.

Aproveitando o conforto que a casa sempre oferece nestas situações de invernia, comecei a abrir, um pouco distraída, ficheiros dos quais não recordava o conteúdo. Qual a minha surpresa, tendo em conta alguma polémica suscitada  há dias neste blog sobre “poesia”, estas palavras do nosso emérito Pascoaes:

 

"Valha-nos a palavra Amor inventada pelos poetas. Eis porque adoro a Poesia. Adoro-a como todos os malucos perseguidos pela paisagem, que é o descrédito dos homens. Adoro a paisagem, como todos os malucos desgostosos desses animais inferiores que ostentam, sobre a terra, uma atitude humana plagiada. O luar, a aurora, o pôr-do-sol seduzem-me por completo; e também aquela junta de bois aposta ao velho carro celta gemebundo. Amo a poesia, os poetas e os labrostas - os que têm fome, porque Poesia quer dizer Fome."

publicado por Bernardete Costa às 20:49

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
2 comentários:
De flávio lopes da silva a 16 de Dezembro de 2008 às 15:18
olá

subscrevo todas estas palavras.
o poema é o pão do poeta.
bom natal

flávio lopes da silva
De Bernardete Costa a 17 de Dezembro de 2008 às 18:06
Bom Natal também para si.
Um abraço fraterno,
Bernardete Costa

Comentar post