https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

O REFLEXO NO ESPELHO

"O VELHO DA HORTA", PELA ...

MÚSICA DE TODOS OS TEMPOS...

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2014

AH, ESSE MENINO...

Ah, esse menino

 

Em tempo de criança brincava com búzios,

e em vez do mar escutava o riso cristal dum menino,

que no areal da minha cidade resolvera morar

enviando beijos de sol à tristeza do inverno.

 

Ah, esse menino, quantas vezes o vi!

Em vez de jogar aos berlindes espreitava as raparigas

na praia estendidas à sombra dum guarda-sol.

 

E que alegria, entre tantos outros ver

esse menino, filho de carpinteiro, brincar ao faz de conta

na caravela “Senhora dos Anjos”

ao leme sonhando ser marinheiro.

 

Ah, esse menino é como outro qualquer,

preza a brincadeira, e entretido em viagem perde-se

pelo fascínio da ribeira.

 

Por vezes, uns pozinhos de luz, numa gota de orvalho

subir o rio para encontrar Jesus

escondido no véu da maresia.

 

E se as palavras da poesia são estrelas que descem do céu

também posso acreditar

que esse menino aqui pertence. É esposendense!

 

(In transpiração, poema revisto

Bernardete Costa)

DSC_0193.JPG

 

publicado por Bernardete Costa às 19:03

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?