https://youtu.be/QLCDymoJD_0

Os Meus Livros

https://youtu.be/Fke4JjUZDTs

posts recentes

ESPETÁCULO UAE (UNIVERSID...

PORTUGAL EM FESTA

O REI TRISTE

A VOZ DO RIO - CONTO INFA...

A POESIA NA ESCOLA DE ABA...

ÓDIO

SORRISO

LUXÚRIA

BORRASCA DA GROSSA

TARDE DE MAIS

arquivos

pesquisar

 
https://youtu.be/Fke4JjUZDTs
Sexta-feira, 31 de Outubro de 2008

CINQUAIN

Foi com muito agrado que recebi na minha caixa de correio este pequeno poema de um visitante simpático e atento a este meu blog. Não se encontra identificado por vontade expressa do autor.

 

Aqui lhe deixo um terno abraço  de agradecimento.

  

Janelas
De tua alma pura,
Teu olhar de paraíso
Tua boca um molho de cerejas
palavras música de violino
do sonho
 
O desafio proposto pode e deve continuar. Que este poema sirva de estímulo para outros potenciais poetas em construção.
publicado por Bernardete Costa às 16:43

link do post | comentar | favorito
 O que é? |  O que é?